Os benefícios da reciclagem e a utilização consciente dos resíduos

Sabe-se que a reciclagem traz inúmeros benefícios, tanto para o meio ambiente quanto para o próprio ser humano, único responsável pelo acúmulo de lixo no planeta:

​A diminuição e a prevenção de riscos na saúde pública: Com a reciclagem, os resíduos não são destinados a lixões ou a aterros sanitários e, portanto, não contaminam o solo, os rios e o ar, e também não favorecem a proliferação de agentes patogênicos, que indiretamente causariam doenças;

A Valoriza Energia incentiva a reciclagem e o uso consciente dos resíduos pela população.

A diminuição e a prevenção da exploração dos recursos naturais: Com a volta dos materiais ao ciclo produtivo, não é necessário que novos recursos naturais sejam utilizados;

A diminuição e a prevenção de impactos ambientais: Tanto os resíduos não degradáveis como os degradáveis, ou orgânicos, por sua enorme quantidade, não são assimilados pelos organismos decompositores, persistindo nos solos e nos corpos hídricos por longos períodos. Isso dificulta ou mesmo impossibilita a sobrevivência de inúmeros seres vivos e, por consequência, causa desequilíbrios ecológicos em todos os ecossistemas da Terra;

​Vantagens econômicas da reciclagem e tratamento do RSU

  • Economia de recursos naturais;

  • Diminuição de gastos com limpeza urbana, tratamento de doenças, controle da poluição, construção de aterros sanitários, remediação de áreas degradadas, energia elétrica (necessária para gerar produtos a partir de matéria prima bruta), entre outros;

  • Geração de empregos, tanto para a população não qualificada, quanto para o setor industrial.

​​

Inclusão e Interação Social

A oferta de emprego e renda para a população desprivilegiada permite que estas pessoas sejam retiradas das condições sub-humanas de trabalho que tinham nos lixões e nas ruas, e serem vistas como agentes sociais que contribuem com a limpeza da cidade e a conservação do meio ambiente. Do outro lado estão as pessoas que fornecem o material reciclável e que podem ser vistas como solidárias e participativas nos programas de Coleta Seletiva e reciclagem. Assim, ambos os grupos estão exercendo a sua CIDADANIA.

Educação Ambiental

As centrais de triagem, os aterros sanitários, as indústrias de reciclagem e compostagem, bem como cada ponto de geração de resíduos, servem como instrumentos para a formação e a educação ambiental de crianças, jovens e adultos, pois são locais onde é possível vivenciar e discutir na prática os conceitos sobre temas relacionados.